Melodia Web
Rádio Melodia Web - www.melodiaweb.com - São José do Rio Preto - SP - Brasil
domingo, 7 de agosto de 2022
Ouça a MelodiaWeb
Página inicial Ouça música de qualidade pela Internet

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Crônicas
Diminui o tamanho da fonte Aumentar o tamanho da fonte
MÃES DE SUCESSO
Por Josiane Nogueira e Cláudia Soares, quarta-feira, 18 de novembro de 2009
MÃES DE SUCESSO

Os atores Mario Frias e Guilherme Berenguer e a judoca Ketleyn Quadros contam como o amor de suas mães os ajudaram a vencer na vida


Mário Frias, ator



Minha mãe tem duas qualidades principais, que influenciaram minha vi­da inteira: ser uma trabalhadora incorrigível e uma solidária incansável.

Quando eu e minhas irmãs, Mônica e Patrícia (falecida ano passado), éramos pequenos, minha mãe era gerente de uma butique e fazia faculdade de Direito, à noite. A vida dela era uma loucura. Mesmo assim, sempre corria em casa nas horas em que não estávamos no colégio e sempre conseguiu estar muito presente. Lembro bem da minha mãe chegando da faculdade às 10 da noite, supercansada, e se sentar comigo para corrigir meus deveres de escola.

Em 1975, meu pai, que tinha uma fábrica de barcos, decidiu realizar seu sonho: ser piloto de aviões. Minha mãe deu a ele todo o apoio. Como nessa época a nossa vida financeira não era tão folgada, não costumávamos festejar datas como o Dia das Crianças. Mas sempre que um de nós fazia aniversário, ela comprava uma lembrancinha também para os outros filhos. Era a sua maneira de dizer que nós três tínhamos o mesmo espaço no seu coração.


Mães que são pais


Quando eu tinha 14 anos, meu pai morreu num acidente de helicóptero. Minha mãe segurou a barra sozinha. Na época, toda a família aconselhou-a a parar de trabalhar um pouco. Mas minha mãe se recusou: disse que precisava seguir em frente e criar os filhos. Ela sempre dizia que nós éramos a sua razão de viver. Naquele período, em que eu estava na adolescência, ela foi pai e mãe para mim. E me ensinou que ser homem não é ser machão, falar grosso. Mas é ter palavra, caráter e assumir o que faz. Com meu pai, eu aprendi a ser um sonhador. Com minha mãe, Maria Lúcia de Freitas Frias, de 68 anos, aprendi a ser homem.

E com ela aprendi também muitas lições de solidariedade. Minha mãe sempre ajudou a família: faz o imposto de renda dos irmãos, o meu e o da minha irmã. Vive separando roupas para doar aos empregados e fica no pé deles para não deixarem de pagar o INSS a fim de poderem se aposentar.

E foi justamente por seu jeito de querer ajudar as pessoas que descobri minha vocação: ser ator. Antes, eu fazia de tudo. Fui lutador de boxe, entregador de comida, empresário, trabalhei em casa de câmbio e em cartório.
Quando completei 24 anos, uma prima minha, que produzia uma novela, ligou para minha mãe perguntando se eu não poderia ajudá-la. Ela precisava de um jovem, com pinta de modelo, para fazer a abertura da novela O Campeão. Era a cena de um rapaz jogando futebol. Ela já havia testado várias pessoas, quando se lembrou de mim, porque sabia que eu jogava futebol.

Eu disse à minha mãe que não iria. Naquela época, eu lutava boxe e fiquei com vergonha do que meus amigos iriam dizer. Mas minha mãe disse que, antes de rejeitar o pedido da minha prima por vergonha dos outros, eu deveria ao menos ouvi-la. Então fui até lá. Acabei gravando a cena e adorei. A partir daí, outras pessoas da TV me viram e recebi um convite para fazer a oficina de atores da Globo. Se não fosse a generosidade da minha mãe eu não teria descoberto a profissão pela qual sou apaixonado.

Hoje, moro com minha mulher, Juliana, a 100 metros da casa da minha mãe. E quando estou com vontade de comer meu prato predileto, é só pedir que minha mãe prepara pra mim.”

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Veja também
(06/10/2012) AVIAÇÃO ROMÂNTICA
(09/04/2012) Destruição da Grande Biblioteca de Alexandria
(16/12/2009) HERÓIS E VILÕES
(18/11/2009) MÃES DE SUCESSO
(18/11/2009) MÃE MEDALHA DE OURO
(18/11/2009) MÃES DE SUCESSO 2
(28/09/2009) A DOR QUE DÓI MAIS
(15/09/2009) COM VIVALDI EM PARATY
(12/08/2009) O CLARÃO É DEUS - MAITÊ PROENÇA
(16/07/2009) AVIÕES CAEM!


Veja todo conteúdo desta categoria
Ouça a Rádio do coração
© 2022 Rádio Melodia. Todos os direitos reservados.
Design: Win Multimídia - Desenvolvimento:Adriel Menezes