Melodia Web
Rádio Melodia Web - www.melodiaweb.com - São José do Rio Preto - SP - Brasil
segunda-feira, 4 de julho de 2022
Ouça a MelodiaWeb
Página inicial Ouça música de qualidade pela Internet

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Crônicas
Diminui o tamanho da fonte Aumentar o tamanho da fonte
HERÓIS E VILÕES
Joca Souza Leão, quarta-feira, 16 de dezembro de 2009
HERÓIS E VILÕES

Menino deve pensar que iogurte existe desde sempre. Mas, pelo menos por aqui, nesta parte do planeta, quando eu era menino nem se falava em iogurte. O que existia era coalhada. A gente botava leite numa vasilha com um pouquinho de bicarbonato de sódio, cobria com um paninho limpo e deixava fora da geladeira. No dia seguinte, a coalhada tava prontinha. Como o leite era bom e fresco, a coalhada era ótima. Boa pro intestino, dizia minha mãe. Meio azedinha. Uma colher de açúcar ou de mel era sempre bem-vinda.

Aí, apareceu o iogurte, com seus lactobacilos vivos, e desbancou a coalhada. Diziam que nos Bálcãs (Croácia, Eslovênia, Bósnia, Sérvia e aquele meio de mundo por ali), onde se tomava iogurte desde sempre, vivia-se mais de cem anos. Pronto. Iogurte virou o herói da vez. Aí pelos anos 60, 70. Ainda que industrializado, com todos os antioxidantes, conservantes, adoçantes, corantes e sabores artificiais.

Vilão mesmo era o ovo. Melhor, a gema. Anos e anos de má fama. Um publicitário baiano, metido a cientista nas horas vagas, dizia que ia ficar rico desenvolvendo o ovo sem gema, só clara. Gema era sinônimo de colesterol. Ou o cara morria de infarto do miocárdio ou a arteriosclerose lhe entupia o cérebro.

Mas antes do iogurte herói e da gema vilã, vivemos sob a égide da margarina protetora contra a manteiga assassina. Qualquer margarina era melhor do que manteiga, dizia-se. Gordura vegetal versus gordura animal saturada. Gordura boa e gordura má. Só que a coisa não era bem assim. Que a margarina era vegetal, era.  Pero no tanto. Quase todas eram misturadas com gordura animal. Algumas, com sebo de boi. (Foi não foi, o pessoal que morava no bairro de Afogados protestava contra o mau cheiro que vinha de uma fábrica que tinha por lá. Era cheiro de sebo).

Hoje, sabe-se (sabe-se?), são poucas as margarinas que não entopem as artérias. Algumas entopem até mais do que manteiga. Além de serem mais caras e de gosto duvidoso. Então, gente fina, melhor comer manteiga. Como tudo na vida, sem exageros.

Assim caminha a humanidade. O herói de hoje pode ser o vilão de amanhã. Se não vilão, pelo menos não mais tão herói. E vice-versa. O iogurte, mesmo, pelo menos o industrial, já não tá mais com essas bolas todas. Virou páreo pra coalhada. Nunca mais se ouviu falar dos velhinhos dos Bálcãs. Pelo visto, morreram todos. E os jovens não quiseram mais saber de iogurte.

Outro dia, um instituto desses bem científicos e bem famosos descobriu que o ovo, melhor, a gema não merecia o juízo que se fazia dela. Não era a vilã que se pensava. Pobre gema. Anos mal falada, estigmatizada. Não fosse essencial à reprodução da espécie galinácea, teria mesmo sido extinta. O tal ovo-só-clara teria vingado. Quando Luis Fernando Veríssimo soube dessa história, ficou irado: “Quero ser ressarcido de todos os ovos fritos que não comi nestes anos de medo inútil.”

Sempre foi falado que uma dosezinha de uísque ou um calicezinho de vinho eram bons pras coronárias. Mas agora, com números, virou ciência. A semana passada, publicaram o resultado de uma pesquisa feita na Inglaterra: quem bebe uma dose de uísque ou um cálice de vinho por dia tem 35% menos chances de ter um infarto do miocárdio do que aqueles que não bebem. E o melhor de tudo: entre os que bebem uma garrafa de uísque ou de vinho por dia, o índice chega a 50%.

Vamos comemorar logo, antes que mudem de idéia. Ou descubram que a outra metade morreu de cirrose hepática.

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Veja também
(06/10/2012) AVIAÇÃO ROMÂNTICA
(09/04/2012) Destruição da Grande Biblioteca de Alexandria
(16/12/2009) HERÓIS E VILÕES
(18/11/2009) MÃES DE SUCESSO
(18/11/2009) MÃE MEDALHA DE OURO
(18/11/2009) MÃES DE SUCESSO 2
(28/09/2009) A DOR QUE DÓI MAIS
(15/09/2009) COM VIVALDI EM PARATY
(12/08/2009) O CLARÃO É DEUS - MAITÊ PROENÇA
(16/07/2009) AVIÕES CAEM!


Veja todo conteúdo desta categoria
Ouça a Rádio do coração
© 2022 Rádio Melodia. Todos os direitos reservados.
Design: Win Multimídia - Desenvolvimento:Adriel Menezes