Melodia Web
Rádio Melodia Web - www.melodiaweb.com - São José do Rio Preto - SP - Brasil
segunda-feira, 25 de outubro de 2021
Ouça a MelodiaWeb
Página inicial Ouça música de qualidade pela Internet

Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Janela Cultural
Diminui o tamanho da fonte Aumentar o tamanho da fonte
UM VELHO E SEMPRE NOVO HÁBITO!
Ático Vilas-Boas da Mota, sexta-feira, 8 de maio de 2009
UM VELHO E SEMPRE NOVO HÁBITO!
Não é preciso repetir sempre e sempre - por demais fastidioso - que o hábito é uma resistente segunda natureza. Alguns deles atingem não apenas algumas pessoas ou famílias, mas a quase todos os membros de uma comunidade e, no caso que vou registrar, a todo o país. Trata-se do uso freqüente daquilo que vulgarmente se denomina: pistolão! Como conceituá-lo? Bem conhecida é a sua vinculação à espinhada cadeia sinonímica: apadrinhamento, favoritismo, proteção, nepotismo e, de forma mais ou menos atenuada ou eufêmica: patrocínio! De qualquer forma, o que todos nós sabemos é que ele existe traduzido por múltiplas expressões, embora com alguns retoques atenuantes: dar uma mãozinha, dar uma colher de chá, dar um empurrãozinho, dar cobertura, dar uma penada em favor de alguém, a fim de que este possa obter o que pretende mesmo ao arrepio da lei, mediante o uso de cartas de recomendação, bilhetes, telefonemas, correios eletrônicos, ou até mesmo simples recados.

Não creio que o uso e abuso desta forma esdrúxula de solidariedade seja uma exclusividade do nosso país. Outros o conhecem debaixo de múltiplas fórmulas e designações, porque os povos têm valores sociais, psicológicos, antropológicos, enfim, culturais especiais. Somos frutos da velha árvore portuguesa e da mesma frondosa Roma. Contudo, não diferimos muito dos demais países co-irmãos: Na área de fala espanhola, registra-se: "cuña" (América Central, Antilhas, Argentina, México, Chile, Panamá, Peru e Uruguai). Evidentemente, na própria Espanha, também se registra o mesmo hábito (cf. Diccionario Manual de la Lengua Española / Real Academia). Esta prática varia de acordo com os vetores culturais de cada país onde se usa a língua de Cervantes. Na bela e doce língua de Ionesco diz-se: "pila". Na de Racine, também muito expressiva: " pistonné " e, não menos plástica, a de Dante Alighieri: "padrino".

O pistolão, no Brasil, tem certidão de idade, pois na Carta de Pero Vaz de Caminha (1450?-1500?) aquele escrivão depois de descrever minuciosamente o que viu na terra recém-achada, no final, antes de colocar a sua assinatura, roga ao rei Dom Manual o favor de transferir seu genro Jorge da ilha São Tomé para a terra que ele acreditava ser muito promissora. Portanto, a Carta de Caminha não é apenas a "certidão de batismo do Brasil", mas, também, a da "introdução do pistolão" entre nós. Um velho hábito brasileiro com remotas e persistentes raízes históricas!
Ouça a MelodiaWeb Este site possui uma rádio web que prioriza música italiana, MPB, clássica, tango, bolero, instrumental, esperanto, etc.
Clique na imagem ao lado para ouvir
Ouça a MelodiaWeb
Veja também
(19/11/2015) Titanic Theme Song - My Heart Will Go On - Harp / Violin
(19/11/2015) Europeus: o futuro não pertence mais a vocês
(07/06/2015) Caranguejos
(09/05/2015) Música Clássica é sinônimo de concentração
(09/02/2015) Força interior!
(14/05/2014) Quem poupa o lobo, mata as ovelhas
(02/04/2014) Em duas décadas haverá mais mudanças que nos últimos dois mil anos, diz cientista
(14/03/2014) Projeto de vida, ou ...
(14/01/2014) Ai, que preguiça!!
(03/01/2014) O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem conhecem aquilo em que tropeçam.
(14/12/2013) Rádio Melodia, remédio da alma
(14/11/2013) Música
(06/11/2013) Música e Consciência
(02/11/2013) Equilíbrio e moderação nas atitudes e necessidades
(22/09/2013) Por um estilo de vida


Veja todo conteúdo desta categoria
Ouça a Rádio do coração
© 2021 Rádio Melodia. Todos os direitos reservados.
Design: Win Multimídia - Desenvolvimento:Adriel Menezes